0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

O presbítero Cirilo ministrou a palavra do Senhor na noite de domingo (23/02/2014), lendo no evangelho de Mateus 25: 1, que diz: Então o reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram ao encontro do esposo.

Confira uma resenha* da palavra.

Mais cedo ou mais tarde o esposo há de vir. E só vai subir quem estiver preparado. Deus nos escolheu para fazer parte de uma Nação Santa. O Senhor nos comprou com o precioso sangue vertido na cruz. Jesus disse que edificaria a Igreja. A Igreja tem dono e faz parte do Reino dos Céus. O nome do dono da igreja é aquele que era, é e sempre há de ser, Jesus, o Senhor de todas as coisas.

Jesus nos ensina que algumas coisas ocorreriam com a igreja como a parábola das dez virgens. Existia uma regra no casamento desta época. Entrava quem estava com a lâmpada acesa. Tinha que ter azeite, para tanto.

As dez virgens foram convidadas para fazer parte do casamento. Elas saíram para encontrar o esposo. Elas estavam no caminho. Assim estamos nós, amados. Estamos no caminho esperando o Senhor.

Mas o esposo demoro vir e as dez virgens dormiram. Nós estamos vivendo em um tempo de dormência espiritual. Mas estamos saindo, estamos no caminho. Temos igrejas em tudo quanto é esquina. Temos cantores gospel fazendo shows em tudo quanto é cidade, ginásio. Milhares de pessoas ouvem a palavra de Deus e cantam com esses cantores.

Gostamos de ouvir mensagens sobre bênçãos materiais, mas estamos levando a vida mais ou menos. Estamos participando de cultos que são entretenimento. Jesus e o Espírito Santo não são suficientes para nos proporcionar alegria?

Onde estão as mensagens sobre arrependimento? Do que adianta ganharmos o mundo inteiro, mas perder a própria alma?

Precisamos nos despertar do sono. Estamos vendo a banda passar. Não estamos comprometidos com o Reino dos Céus. Estamos dentro das igrejas, mas dormindo. Mas a volta de Jesus está aí, amados. Precisamos acordar, abrir nossos olhos espirituais e encher nossas vidas com o azeite, que é o Espirito Santos de Deus.

*PS: Lembrando que uma resenha é a reescrita de textos ou discursos, ou seja, utilizamos algumas palavras de nossa própria autoria, porém procurando manter a ideia principal do que foi dito.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×