0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

No domingo (30/11), a mensagem final do culto ficou sob responsabilidade de Jefferson Fernandes. O jovem fez uso da palavra de Deus lendo em II Reis 6:8, que diz: “E o rei da Síria fazia guerra a Israel; e consultou com os seus servos, dizendo: Em tal e tal lugar estará o meu acampamento”.

Confira a resenha* da palavra ministrada.

Essa passagem bíblica nos mostra um Rei que estava em guerra contra Israel. Ele pedia conselhos para os seus oficiais para armar seu acampamento. Mas o ungido e sábio de Deus, chamado Eliseu, enviou um recado ao rei de Israel avisando-lhe para que não fosse perto daquele lugar, pois os sírios estavam ali esperando para atacá-lo.

Como é bom estarmos rodeados de pessoas sábias. Temos que ter cuidado com quem estamos andando. Abra os seus olhos e saiba aonde você vai. Nós temos e encontramos (sempre) conselho na Palavra de Deus. O Senhor Jesus fala conosco todos os dias.

O Rei da Síria ficou aborrecido e descobriu que era Eliseu, o grande sábio, que avisava o rei de Israel. Então o rei mandou uma grande tropa para emboscada para prendê-lo. Cercou a cidade de Dotã para pegar Eliseu. O empregado de Eliseu viu a cidade cercada e correu para avisá-lo.

Eliseu, cheio da presença de Deus, respondeu ao seu ajudante que maior era o que estavam com eles. Eliseu orou a Deus, que o protegeu com cavalos e carros de fogo. Mas Eliseu disse que não era pra matar os inimigos, mas pediu pra que os alimentasse. E por motivo desta palavra, houve paz entre as duas nações. O Senhor dos exercito peleja por nós.

Muitas vezes ouvimos conselhos de quem não tem compromisso com Deus. E o final sempre é de luta, batalha e guerras que nos machucam. Mas é Deus que conhece o que é melhor para nós. A nossa visão é limitada, Mas o olhar de Deus é mais abrangente.

É difícil você precisar de uma pessoa e ela nunca te ajudar. É mais fácil a gente também não dar bola ou se importar com ela, pagando na mesma moeda. Mas aprendemos com Deus a ser manso e humilde.

Quando a mulher adultera foi levada até Jesus – a lei mandava que ela fosse apedrejada -, o Mestre não a acusou, mas a perdoou. A luz de Deus precisa resplandecer na nossa conduta. Precisamos ser exemplo na maneira de andar, de falar, de agir.

O Senhor fez abrir os olhos do ajudante de Eliseu, mostrando que quem estava com eles era maior do que os que estavam com o exercito do rei sírio. Precisamos colocar as nossas causas nas mãos do Senhor. Não podemos sair agindo segundo as nossas próprias vontades ou com conselhos daqueles que não têm compromisso com a Palavra de Deus. O Senhor honra aqueles que Neles esperam e confiam. O Senhor Jesus é a nossa esperança e a luz em meio às trevas.

*Resenha é um texto a partir do que foi dito e entendido de um discurso sem que o contexto se perca.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×