0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

O presbítero Robinson Medeiros foi responsável pela mensagem final do culto de domingo (29/11). Ele fez uso da palavra de Deus em Filipenses 4: 6,7 , que diz: “Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus”.

Confira uma resenha* da mensagem.

A palavra ansiedade é algo que se tornou comum nos nossos dias. Ela afeta a muitos no mundo inteiro. Crianças, juvenis, adultos e idosos, cada um segundo o seu tempo e as suas necessidades.

Ansiedade significa estrangulamento, pressão, stress. É algo que também nos dá a sensação de medo. Mas o problema maior não é passar por ansiedade, mas que ela se instale na nossa vida. Precisamos, portanto, impedir que essa inquietação não faça morada no nosso ser.

Agora, ansiedade e fé são incompatíveis. A palavra de Deus pede para que lancemos sobre o Senhor toda a ansiedade, porque é ele quem cuida de nós. Se Deus falou que vai lhe dar algo, descanse Nele. Espere a vontade do Senhor. Não busque resolver as coisas com as suas forças, você pode colher frutos que ainda não estão prontos.

A indústria farmacêutica investe muito para combater as consequências da ansiedade, mas verdadeiramente é Deus quem sara e é o médico dos médicos. Portanto, quando a gente tira os olhos de Deus e coloca-os nos problemas, a coisa tende a não dar certo.

A Bíblia nos dá diversos exemplos: quando a tempestade estava levando o barco a pique. Pedro pediu pra ter ir com Jesus, que estava sob as águas. Pedro começou a andar, mas ao temer o vento e tirar os olhos de Jesus ele começou a afundar.

A ansiedade é resultado de relacionamentos quebrados. As pessoas têm o poder de tirar a alegria de um dos outros. Paulo estava preso e ia morrer, mas pediu aos filipenses para se regozijarem e se alegrarem, sempre. E, para isso, precisamos estar com os pés firmados na Rocha. Pegue todas as suas preocupações e as transformem em oração; esse é o conselho de Paulo, servo do Senhor.

A raiz de amargura na alma traz consequências irreversíveis. Libere perdão e feche o ciclo da mágoa. Quando perdoamos nos libertamos do fardo e a comunhão com Deus é restabelecida. O problema do homem está dentro de sua alma. É de ordem espiritual. E o único que pode resolver isso é Jesus.

Estar preso às coisas materiais também é fonte de ansiedade. Hoje, mais de 70% das famílias precisam de dois empregos para manter o seu padrão de vida. Essas preocupações têm gerado problemas seríssimos. A palavra de Deus nos orienta a buscar primeiro o Reino de Deus e as demais coisas nos serão acrescentadas.

A ansiedade tem dois aspectos: passado e futuro. São dois tempos em que você não pode fazer nada, portando, faça algo hoje, inclusive para cooperar com o Reino de Deus. Entregue o seu melhor para Deus hoje. Quem está em Cristo nova criatura é e as coisas velhas ficaram para traz, portanto, comece a andar pra frente.

*Resenha é um resumo do que foi dito e entendido de um discurso ou texto por quem o escreveu, sem que o contexto se perca.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×