Artigos

Do coração procedem as fontes da vida

O coração bombeia o sangue para todo o corpo, sendo fonte de vida. Por isso, as Escrituras comparam nossa mente a esse órgão vital, pois quando nos afastamos dos preceitos de Deus descontrolamos as emoções e corremos o risco de morrer espiritualmente: Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida (Provérbios 4.23). Jesus disse: Mas as coisas que saem da boca vêm do coração,

Conservando a visão da glória de Deus: uma reflexão sobre Isaías 6.1-8

De acordo com os estudiosos, Isaías, um dos principais nomes do Antigo Testamento, era descendente de família nobre na cidade de Jerusalém. Ele era culto, poeta, profeta de Deus e convivia com a realeza. Há quem diga ter Isaías sido conselheiro para assuntos internacionais no reino de Judá. Embora possuísse todos esses dotes, Isaías foi escolhido para ser profeta, e precisava de um toque de Deus em sua vida. Há

Procuram-se Pregadores como Paulo

Paulo trabalhava de dia e de noite, até cansar, a fim de garantir seu sustento (1 Co 4.12). E, em vez de ser aplaudido — como certos pregadores que são convidados para programas de entrevistas para fazer os telespectadores rirem —, ele era injuriado, caluniado e considerado o pior tipo de pessoa do mundo. O que fazia ele diante disso? Ele não revidava, mas dizia: “somos blasfemados e rogamos; até

O Louvor que agrada a Deus

Devemos estar cientes de que o louvor tem como objetivo único e exclusivo agradar a Deus. Não cantamos louvores para agradar nosso irmão, não cantamos louvores para agradar a nosso pastor, nem mesmo para entreter os visitantes com o que é cantado. Deus é o centro de nosso culto. Ele é o único que deve mover nosso coração a louvar e bendizer, logo, é necessário que esse louvor cumpra alguns

Por que a grande mídia aplaude quem escarnece da cruz de Cristo?

Mas veja que ironia: a grande mídia elogia uma imagem blasfema da crucificação do Senhor Jesus e, ao mesmo tempo, considera a faixa “100% Jesus” na cabeça do jogador Neymar um enorme desrespeito à laicidade do esporte ou uma grande ofensa às religiões! Quem conhece a Palavra de Deus sabe que isso acontece porque “o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que não lhes resplandeça a luz

O Superintendente e a Gestão da Escola Dominical

Superintendente No Hebraico: O termo “superintendente” procede do latim e significa, “aquele que dirige na qualidade de chefe”; “aquele que inspeciona”, “aquele que supervisiona”. No hebraico, o paqîd é descrito como: inspetor, encarregado, capataz. O termo descreve um subordinado especial (Gn 41.34) posto em uma posição de “supervisão de outros”. O paqîd era um funcionário real de confiança que administrava o trabalho e funções dos soldados, sacerdotes e levitas no

Pense com a Mente de Cristo

Ter a mente do Senhor é um aspecto central da fé cristã. O apóstolo Paulo expressou isso da seguinte forma: Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo (1Co 2.16). No original grego, a palavra mente (nous) significa o lugar da consciência reflexiva, compreendendo as faculdades de percepção e entendimento, e do sentimento, julgamento e determinação. Ter a mente de

Ele cura os que têm o coração partido e trata dos seus ferimentos

Sabe aquela ferida que ninguém vê? Se tem uma coisa que fere e machuca as pessoas é a falta de cuidado com o coração. Você não tem ideia da quantidade de pessoas feridas por terem deixado o coração aberto. Talvez você seja uma dessas pessoas que andam por aí com os sonhos esfacelados, planos jogados pelo chão, seu castelo desabou e o coração mais se parece com um álbum de figurinhas

Segredos para mantermos relacionamentos saudáveis

O ex-presidente da General Eletric escreveu algo que nos faz refletir sobre relacionamentos: “Temos de desfazer um conceito secular e convencer nossos gerentes de que seu papel não é controlar as pessoas e ficar por cima, e sim orientar, educar, energizar e estimular”. Como seres humanos, feitos à imagem e semelhança de Deus, fomos criados para mantermos relacionamentos saudáveis com o Senhor, conosco e com todos os nossos semelhantes. E

O apóstolo Paulo e a ostentação

  Paulo era um pregador persuasivo, que tinha uma mensagem eficaz. E sua pregação tinha três características: compromisso com a Palavra de Deus, unção do Espírito e conduta ética. Veja o que ele disse aos crentes de Tessalônica: “o nosso evangelho não chegou até vós tão-somente em palavra [gr. logos], mas, sobretudo, em poder, no Espírito Santo e em plena convicção [gr. pathos], assim como sabeis ter sido o nosso