0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

Na quarta semana (30/09) da campanha ‘Família: núcleo da vontade de Deus’ o tema ‘HOMEM, assuntos relacionados ao homem como, cabeça da mulher (Ef 5:23), o amor (Ef 5:25-28), o provedor (Ef 5:29)’ foi abordado pelo diácono Altair Rodrigues.

Confira a resenha da mensagem

Essa questão de o homem mandar na mulher não é bem assim. Mas ser cabeça da mulher e da família faz mais sentido quando o adjetivo é PROVEDOR. Cristo é a cabeça da igreja. Cristo quer o mal pra igreja? Jesus fala mal da Igreja? Não. Jesus quer o de melhor para nós, inclusive nos dar um galardão no céu. E assim devemos ser com a nossa esposa e a nossa família. Temos que ser sacerdote sobre ela.

A Igreja está sujeita a Cristo. Esse negócio de estar sujeita não tem relação nenhuma com estar de joelhos diante do marido e sendo mal tratada por ele. Ela está ao lado dele para complementar, pra ser auxiliadora.

O homem deve ser líder, mas não carrasco. Deve proteger e ajudar. O compromisso de guiar a família deve ser do homem. Embora, sabemos que no mundo inteiro há mulheres, por mérito delas, poderosas.

A Bíblia diz que se nós não cuidarmos com as nossas obrigações e compromissos dentro de casa, de nada adianta estarmos “bonitos” dentro da igreja. Se cuidamos da nossa família, estamos cuidamos das coisas de Deus e fazendo a sua vontade.

Os maridos devem amar as mulheres como Cristo amou a igreja e se entregou por ela. Qual homem que teria coragem de entregar a vida por sua mulher? Os homens hoje estão matando namoradas e mulheres devido a ciúmes, inveja, traições e por outras coisas banais.

Os maridos devem amar as mulheres como a seu próprio corpo. Algum homem bate em si mesmo? Tudo o que você quer pra si de bom, você deve querer pra sua esposa.

A autoridade que Deus nos concedeu é pra ser usada por amor. Tenho o coração sempre aberto pra perdoar. Problemas e conflitos todos têm. Mas o perdão verdadeiro acalenta o coração e nos coloca no caminho da paz.
O Senhor sustenta a Igreja. Então, o marido como provedor deve resolver essas questões em casa. A mulher é uma auxiliadora do marido. Seu compromisso com a casa é outro. Mas esse assunto é a minha espoa que falará.

“Eu deixei a minha família e fui embora de Franca – fiquei separado por 10 anos. No começo era tudo de bom. Mas depois de um tempo comecei a perder tudo, inclusive o emprego. Comecei a passar fome e nada dava certo. Quantas vezes deus me livrou da morte. Mas ainda assim eu fui caindo. Voltei pra Franca e um dia sozinho em casa eu disse pra Deus: eu sei que estou assim porque eu escolhi, mas eu quero mudar. E Deus começou a trabalhar na minha vida. Aos poucos eu comecei a frequentar a casa da minha esposa. Voltei pra igreja, mas ainda assim eu tinha um rancor dentro do coração e nada em casa dava certo, nem com a esposa e nem com os filhos. Mas comecei a pedir a ajuda da igreja e dos irmãos. E aí eu comecei a aprender o que é ser um homem, o que é ser um sacerdote da casa. Chegou um dia que o PERDÃO precisou entrar na nossa vida. E quando ele entrou nossa vida deu uma reviravolta e restaurou o meu lar. As coisas começaram a andar e hoje somos uma benção”. (resumo do testemunho do irmão Altair)

O diálogo é muito importante pra estruturação da família. No serviço ou na escola a gente é tagarela com os amigos, mas é só chegar em casa e a gente fica mudo. Precisamos mudar. Exercitar o diálogo em casa. Trazer soluções para os problemas da casa. Falar coisas boas, conquistas e bênçãos do culto. Reunir a família em volta da mesa ou na sala e dar boas risadas. O marido precisa ser instrumento de Deus pra educar a sua família.

A Palavra de Deus é rica em ensinamentos para todos da família. Basta seguirmos para que tudo possa estar bem.

campanha-familia-diacono-altair

Família Forte, Igreja Forte. Igreja Forte, Sociedade Melhor

Todas as quartas-feiras, às 19h30 até o dia 4 de novembro, haverá cultos (aberto ao público) com temas que vão abordar todas as esferas da família. A Bíblia Sagrada traz ensinamentos para um relacionamento saudável entre o homem e a mulher, entre os filhos e pais, parentes e amigos. Mas também sobre vida íntima do casal, educação dos filhos, sonhos, desenvolvimento do amor são alguns dos assuntos trazidos pela palavra de Deus em relação à família. “A Família, por ser tão importante para a sociedade e para a igreja, deve ser protegida, cuidada e valorizada”, explica o presbítero João Cirilo, idealizador do projeto.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×