0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

O presbítero Aparecido foi responsável pela palavra final do culto de domingo (21/06) e fez a leitura da Bíblia em I Samuel 16:18, que diz: Então respondeu um dos moços, e disse: Eis que tenho visto a um filho de Jessé, o belemita, que sabe tocar e é valente e vigoroso, e homem de guerra, e prudente em palavras, e de gentil presença; o Senhor é com ele.

Confira uma resenha* da palavra ministrada.

A partir do momento que dizemos “Eu quero Deus”, Ele entra em nossas vidas para mudar completamente a nossa vida. Davi era um homem de guerra, valente e temente a Deus.

Se voltarmos um pouco, podemos ver Ana abrir o seu coração. Ela não podia ter filhos, mas pela graça de Deus teve a Samuel. Eli morre e Samuel vira sacerdote.

O povo começa a pressionar a Samuel e pede um rei. Saul foi ungido como rei. Ele foi bem por um tempo, mas desvia-se do Senhor, que envia um espirito mal para atormentá-lo.

Samuel, a pedido de Deus, vai atrás de outro. Foi numa casa onde havia sete irmãos. O menos formoso e mais baixo era Davi, mas é este que Deus unge e escolhe. Davi então começou a fazer com excelência o que Deus lhe ordenara.

Davi não precisou de holofotes. Quem tem que aparecer é o nome do Senhor Jesus. Não precisa se preocupar em aparecer. A sua transformação será vista por muitos quando você abre a sua alma e decide seguir os caminhos do Senhor. Deus muda a vida. O Espírito Santo se apodera de nós e age fortemente.

Davi era um músico e adorava a Deus verdadeiramente. O louvor dele não era da boca pra fora, mas da alma. Saul, quando estava perturbado, mandou chamar Davi, que tocava uma harpa e o espirito mal deixava o rei Saul.

As pessoas precisam olhar pra nós e ver a diferença. O apóstolo Paulo disse: “Já não mais vivo eu, mas Cristo que vive em mim”.

Deus conta conosco pra ser valente. Não podemos perder a fé e a força. Davi era homem de guerra e pelejava com vigor. E nós também estamos em guerra constante. Precisamos estar animados mesmo quando as coisas não estão bem. Quem nos capacita é o Espírito Santo. Para isso precisamos estar ligados Nele constantemente.

Jesus nos enviou esse consolador, o Espírito Santo, para que possamos ampliar a nossa visão e ver além das dificuldades.

Davi foi afrontado pelo gigante. Mas ele não olhou para as armas e o tamanho de Golias. Ele via somente a vitória, pois ele foi enfrentar o gigante em o nome do Deus vivo. O gigante cai por terra com apenas uma pedrinha.

Qual é o gingante que está lhe afrontando? Quais circunstâncias têm lhe afligindo? Não importa nada disso se o Espirito Santo estiver com e em você. Estejamos, pois em comunhão com Deus, para que nos dias maus possamos estar animados e olhar além das crises de cunho financeiro, moral ou familiar.

*Resenha é um resumo do que foi dito e entendido de um discurso ou texto por quem o escreveu, sem que o contexto se perca.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×